CONTATO
|
INFORMATIVO

Programa Mudanças Climáticas e Serviços Ambientais (PMC)

cabecalho-pmc

O Programa Mudanças Climáticas e Serviços Ambientais do IDESAM tem como foco a criação e desenvolvimento de mecanismos e soluções inovadoras para a mitigação das mudanças climáticas, promoção da conservação florestal e redução do desmatamento tropical. Seus projetos principais são voltados ao desenvolvimento de atividades para a Redução de Emissões do Desmatamento e Degradação Florestal (REDD+), reflorestamento e outros instrumentos no âmbito da Convenção da ONU sobre Mudanças Climáticas (UNFCCC) e dos mercados voluntários de carbono.

O Idesam participa das negociações da UNFCCC desde 2005, principalmente focado nos temas relacionados a florestas, organizando e apresentando side-events, e divulgando estudos e publicações. Em âmbito nacional, trabalha desenvolvendo e implementando projetos relacionados à REDD+ e pagamento por serviços ambientais (PSA), visando mitigar as mudanças climáticas e promover o desenvolvimento sustentável de populações que vivem na floresta. Através da participação em redes e grupos de trabalho nacionais, participa da formulação de políticas e programas relacionados a mudanças climáticas e florestas, e, no Estado do Amazonas teve papel determinante para a construção da Política Estadual de Mudanças Climáticas e do Fórum Amazonense de Mudanças Climáticas.

Outro aspecto importante de nosso trabalho é a divulgação e disseminação de conceitos e resultados obtidos em nossos projetos. Neste sentido, o PMC realiza continuamente treinamentos, capacitações e palestras, voltadas tanto para públicos específicos como para a sociedade civil em geral.

Desenvolvimento de Projetos de PSA e REDD+

O Idesam tem sido pioneiro na elaboração e desenvolvimento de projetos para mitigação climática relacionados ao uso da terra e florestas. Dentre nossas linhas principais de projetos, desenvolvemos a elaboração de estudos de viabilidade, metodologias e documentos de concepção de projetos (DCP) para projetos de REDD+ e sequestro de carbono por florestamento e reflorestamento (MDL F/R). Estudos e modelagem de dinâmica do desmatamento, diagnósticos sócioambientais e quantificação/inventários de estoques e fluxos de carbono em florestas também vem sendo desenvolvidos.

Políticas Públicas

O PMC participa ativamente na discussão e construção de políticas públicas em diversos níveis. Em escala internacional, participamos ativamente nas Conferências das Partes (COP’s) e reuniões correlatas da UNFCCC, tendo como foco principal as negociações sobre florestas e uso da terra (REDD, LULUCF, MDL, etc.). Desde 2007 o Idesam é entidade observadora oficial registrada na Convenção Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (UNFCCC), organizando e participando de side-events, painéis e debates, bem como apresentando publicações e artigos técnicos. Em nível regional, participamos de redes como a Articulação Regional Amazônica (ARA) e o Fórum Latino-Americano de REDD+, buscando sempre socializar e intercambiar nossos projetos, experiências e lições aprendidas com outros atores na América Latina e Caribe.

No contexto nacional, trabalhamos para o desenho de projetos, programas e políticas, principalmente relacionados a serviços ambientais e Redução de Emissões do Desmatamento e Degradação Florestal (REDD+), de forma a garantir que estes sejam socialmente inclusivos, economicamente viáveis e ambientalmente adequados. O PMC participa das seguintes redes nacionais: Observatório do ClimaFórum Amazonense de Mudanças Climáticas e Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas.

Treinamento e Capacitação
A disseminação de resultados e experiências e a capacitação de atores de diversos setores é fundamental para o nivelamento e aprimoramento de conceitos, que precisam ser acordados para a construção de mecanismos efetivos de PSA (Pagamentos por Serviços Ambientais) e REDD+ (Redução de Emissões do Desmatamento e Degradação Florestal). As lições aprendidas a partir de projetos-piloto e atividades demonstrativas, que muitas vezes não estão disponíveis publicamente, também são de fundamental importância para o aprimoramento de futuros programas e projetos.

O Idesam tem ampla experiência na organização de eventos e cursos nos temas relacionados a REDD+ e mudanças climáticas. Desde 2005 organizamos cursos e treinamentos para públicos diversos, abordando diferentes aspectos relacionados a mudanças climáticas e florestas. Muitos deles são focados para atores específicos, como povos indígenas e comunidades tradicionais, atores governamentais, academia e setor privado, e outros eventos são abertos para a sociedade civil e outros públicos interessados.

Para saber mais sobre os cursos e treinamentos desenvolvidos pelo Idesam, entre em contato através do e-mail: [email protected]