CONTATO
|
INFORMATIVO


02/02/2017

Workshop discute conservação de florestas e mercado de carbono



workshop-redd-imaflora

Comunicação Imaflora
Edição de Samuel Simões Neto

Desmistificar os projetos de REDD+ e envolver mais pessoas na discussão sobre mecanismos de conservação de florestas são alguns dos objetivos do ‘Workshop REDD+ Amazônia – Do desenvolvimento à implantação’, que será realizado de 13 a 17 de março, em Manaus (AM).

O evento – desenvolvido por Imaflora e Hdom – acontecerá na sede da Estação Experimental de Silvicultura Tropical do Inpa, na capital amazonense. Além do Inpa, são apoiadores da iniciativa Ipam e Idesam, ambas organizações com extensa atuação em mudanças climáticas.

Os mecanismos de Redução de Emissões por Desmatamento e Degradação (REDD+) conquistaram um importante espaço na discussão internacional sobre aquecimento global. Entretanto, ainda não se estabeleceram plenamente os mecanismos de governança necessários a promover reduções efetivas de desmatamento, benefícios à conservação da biodiversidade, benefícios sociais e respeito aos direitos de povos indígenas, dos agricultores familiares e das comunidades tradicionais.

“No Brasil, a agenda de REDD+ ficou parada por alguns anos; resultado da falta de regulamentação. Com os debates atuais acerca da Estratégia Nacional de REDD+ e da Comissão Nacional de REDD+, estamos em um momento importante de retomada dessas discussões”, destaca Pedro Soares, gerente do Programa Mudanças Climáticas e REDD+ do Idesam e um dos palestrantes do evento.

Nesse contexto, o workshop pretende levar novos conhecimentos e experiências a um público formado por desenvolvedores de projetos de carbono, financiadores e investidores, representantes do governo e do setor florestal, brokers e retailers, profissionais e estudantes das áreas ambiental e florestal.

“Nossa intenção é promover os mecanismos de conservação das florestas por meio de boas práticas no desenvolvimento de projetos de carbono e transferência de tecnologia. E mais: compor uma extensa rede de atores que ampliem suas próprias conexões no âmbito profissional. Aproximando essas pessoas será possível criar um eixo central para incentivar o debate”, acredita o coordenador de Clima e Serviços Ambientais do Imaflora, Bruno Brazil, um dos organizadores do workshop.

A programação traz conteúdos relacionados às causas das mudanças climáticas e suas consequências; o funcionamento do mercado de carbono, elaboração de projetos de REDD+ e sua implementação, entre outros. O workshop visa também contribuir na formação de um grupo que ajudará o governo brasileiro a cumprir os compromissos assumidos em Paris durante a COP 21.

“Esperamos que o evento viabilize novas sinergias e parcerias para alavancar o REDD+ no Brasil e empoderar os estados e municípios na efetiva implementação de mecanismos de redução de emissões”, destaca Soares.


Workshop REDD+ Amazônia – Do desenvolvimento à implantação.
Encontre as principais referências do Brasil em projetos de carbono.

Quando: de 13 a 17 de março de 2017
Onde – Estação Experimental de Silvicultura Tropical do Inpa, Manaus (AM).
Carga horária – 57 horas
Vagas disponíveis – 20 vagas
Investimento – R$ 2.800,00

Informações e inscrições – www.imaflora.org | (19) 3429-0815 | [email protected]

Comentários: